Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

S. Miguel Terapias

Somos terapeutas de Reiki, sediados perto de Almada, em Corroios, trabalhando voluntariamente em horário pós-laboral ajudando quem nos procura em busca de harmonização e equilíbrio energético.

Somos terapeutas de Reiki, sediados perto de Almada, em Corroios, trabalhando voluntariamente em horário pós-laboral ajudando quem nos procura em busca de harmonização e equilíbrio energético.

S. Miguel Terapias

Se quiser ser informado quando é inserido um novo texto ou vídeo neste blog, envie o seu endereço de e.mail para smiguelterapias@gmail.pt e ser-lhe-á enviada informação do título e tipo de documento inserido.
18
Abr16

S. Miguel Terapias - Reiki e Cristianismo

smiguelterapias

O S. Miguel Terapias encerrou a sua atividade após 4 anos e 4 meses duma partilha de Reiki disponibilizada também a todos os que nos procuraram.

Ao longo deste tempo, cerca de 20 terapeutas passaram pelo S. Miguel Terapias oferecendo gratuitamente o seu tempo e o seu saber, possibilitando o acesso a uma terapia não invasiva e de méritos reconhecidos já praticada em hospitais e instituições de saúde em todo o mundo.

Este blog serviu também para veicular formação e informação sobre temas que entendemos úteis aos nossos leitores.

Ao completarmos este ciclo de ajuda fraterna através do Reiki, inserimos um texto do padre missionário Jorge Amaro sobre o Reiki e transcrito do blog abaixo indicado.

Até sempre!

Namastê

 

REIKI E CRISTIANISMO

 

«Quem não é contra nós é por nós.» (Marcos 9,40)

 

«Se Eu expulso os demónios por Belzebu, por quem os expulsam, então, os vossos discípulos? Por isso, eles próprios serão os vossos juízes.» (Mateus 12,27)

 

Reiki é a união de duas palavras japonesas: Rei, que significa universal, total ou essência; Ki, que significa energia vital. Criado por um budista Japonês, Mikao Usui, o Reiki é uma terapia natural, não invasiva, que visa restabelecer a saúde e o bem-estar espiritual e psicofísico da pessoa. Pela imposição de mãos, o terapeuta, ajuda o paciente a ganhar acesso à energia vital, universal e divina, que alivia o stress e acelera o processo de cura natural do corpo e da mente. O terapeuta é só um catalisador ou facilitador; sendo o paciente que se cura a si mesmo, ao conectar-se à energia vital divina e sanadora.

 

Em todas as curas milagrosas de Cristo a fé do requerente era uma condição "sine qua non". Também no Reiki é o paciente, por meio do terapeuta, que se conecta com a energia vital e sanadora de Deus. Esta fé é catalisadora da energia salvífica que imana de Deus como vemos no episódio da cura da mulher que padecida de hemorragias: ela tocou na orla do manto de Jesus, sem Este se dar contra, e ficou curada. (Lucas 8, 43-48)

 

O pensamento contemporâneo já não explica a realidade com base na física mecanicista de Newton, mas sim com base na teoria da relatividade e na física quântica. No entanto, a maior parte dos pensadores cristãos, os teólogos, ainda tem a mente formatada pela física newtoniana, sendo esta, no fundo, uma das razões pelas quais rejeitam o Reiki como técnica de cura física e psicológica.

 

Sendo a fé, como diz o Concilio Vaticano I, um “obséquio razoável” no quadro de uma física mecanicista de Newton, onde a realidade é governada por leis fixas inalteráveis, torna difícil explicar os milagres e curas de Jesus, a ressurreição de Cristo e subsequentemente a nossa. Estes mesmos mistérios têm uma explicação mais razoável se os explicarmos com base na teoria da relatividade, da física quântica e do princípio de Heisenberg, para os quais já não se fala de leis da natureza mas sim de probabilidades estatísticas, que comportam um alto grau de incerteza e imprevisibilidade. Para Einstein a energia e a matéria são transmutáveis e equivalentes; a energia é uma forma de matéria, e a matéria, uma forma de energia.

 

A mentalidade maniqueísta, que entende que na criação há coisas boas e coisas más e que advoga Deus como o senhor das boas e o diabo como o senhor das más, esquece que Deus criou tudo do nada e tudo o que Deus criou é bom. Tudo na natureza são manifestações da sua bondade e não há forças supernaturais que não sejam manifestações do poder de Deus. Cristo tem ovelhas de outro redil (João 10, 16) e basta que elas não estejam declaradamente contra nós para estarem a nosso favor. (Marcos 9, 40)

 

Também há quem relacione Reiki com New Age e que por isso deve ser condenado. A New Age é um sincretismo de religiões e por esse motivo não deve ser considerada totalmente negativa. Rejeitando a ideia de que Deus não é um ser pessoal mas sim uma energia, tudo o resto pode ser adaptado ao cristianismo. Acaso, nós cristãos, não construímos igrejas, onde antes eram templos pagãos? E não substituímos o culto a deusas pela veneração a Maria a mãe do Senhor? Quem não gosta das músicas de Enya e da magia dos livros de Paulo Coelho? E no entanto são New Age. “Não deitemos fora o menino com a água da banheira”.

 

O Reiki, tal como o Yoga, o Zen, a meditação transcendental e outras terapias orientais, não são uma religião nem sequer uma filosofia, mas sim técnicas de cura e crescimento espiritual. O Reiki não proclama que Deus é uma energia cósmica mas que essa energia cósmica é divina. Também não diviniza o seu fundador Mikao Usui, apesar de ele se ter inspirado em Jesus e nas suas curas milagrosas pela imposição de mãos. A sua técnica é seguida, mas o seu nome não é invocado durante a terapia. Não existe nenhuma normativa no Reiki que proíba terapeutas cristãos de invocarem o nome de Jesus ou o Espírito Santo, para obter a graça da cura.

 

Tirei um curso residencial de psycho-spiritual counseling, com a duração de dois anos, num instituto católico em Inglaterra, fundado pelo Cardeal Hume de Londres. Durante esse tempo, formei-me em várias técnicas de cura, entre as quais Reiki. Os meus mestres, sacerdotes como eu e algumas religiosas, não vemos nenhuma contradição entre a fé cristã e a prática de Reiki, pelo contrário, achamos que até se podem complementar.

 

Pe. Jorge Amaro, IMC

 

Texto original em:

http://missaoitinerante.blogspot.pt/2013/01/reiki-e-cristianismo.html

 

26
Fev14

Obsessões carnavalescas

smiguelterapias

O Instituto Beneficente Chico Xavier publicou um interessante artigo sobre o Carnaval que aqui reproduzimos.

 

Artigo original em http://www.institutochicoxavier.com/informativo/atualidades/1208-obsessoes-carnavalescas.html 

 

Poucos sabem que a palavra Carnaval é, na verdade, uma abreviatura da frase: a carne nada vale. Em contrapartida, grande parte dos brasileiros acredita que participar das festividades carnavalescas em nada atrapalha sua organização psico-físico-espiritual. Algo como mudar totalmente o padrão vibracional, adentrando por quatro dias e cinco noites num maremoto energético de baixo teor e dizer que isso não desarmoniza ninguém, ao contrário, “desestressa”. Será mesmo só esse o resultado do envolvimento em tal festividade? Desestressamento?

Estudiosos da psicologia realizaram um trabalho de pesquisa interessante sobre o tema, trazendo-nos alguns dados que já nos suscitam importantes reflexões. Vou transcrever parte da matéria que saiu no Jornal Correio Brasiliense, onde constam tais informações: “(...) de cada dez casais que caem juntos na folia, sete terminam a noite brigados (cenas de ciúme, intrigas, etc.); desses mesmos dez casais, posteriormente, três se transformam em adultério; de cada dez pessoas (homens e mulheres) no carnaval, pelo menos sete se submetem a coisas que abominam no seu dia-a-dia, como o álcool e outras drogas (...). Concluíram que tudo isto decorre do êxtase atingido na grande festa, quando o símbolo da liberdade, da igualdade, mas também da orgia e da depravação, estimulado pelo álcool leva as pessoas a se comportarem fora de seus padrões normais (...)”.



A maioria dos foliões da atualidade segue os carros alegóricos sem nenhuma noção do que lhes envolve naqueles momentos. Sequer suspeitam onde ou porque surgiu tal ‘festividade’. Estão ali simplesmente para permitirem o enlouquecimento momentâneo, sem pensar em mais nada a não ser no prazer dos sentidos. Porém, os resultados são evidentes, como pudemos contatar nesta matéria alusiva sobre o tema.
Quanto às suas origens, podemos dizer que as tataravós do carnaval são a bacanália, da Grécia - quando era homenageado o deus Dionísio - e a saturnália – festa romana onde se imolava uma vítima humana, previamente escolhida. Depois, já na Idade Média, aceitava-se a tese de que “uma vez por ano é lícito enlouquecer”, o que tomou corpo, modernamente, no carnaval de nossos dias.

Claro que muitos dançam e se sacodem freneticamente entre sorrisos largos, sem nenhuma intenção menos digna: desejam somente a “alegria”. Porém, mesmo que a intenção seja apenas a de ficar contente, será que o discípulo de Momo no meio de tantos desvarios em nada se prejudica? 

Tudo seria tranqüilo se junto de tais pessoas estivessem tantas outras numa mesma sintonia, munidos da mesma vontade de confraternização, sorrisos e danças conjuntas; sem maldade, sem deixarem seus instintos reptilianos tão aflorados.

Porém, a realidade não é essa. As conclusões apresentadas pelos psicólogos brasilienses já nos dão certa base para um pensar mais aclarado sobre o assunto. Soma-se a tais dados outra importantíssima informação que ainda não é levada em conta tanto pelos profissionais comuns da psique quanto pelos amantes carnavalescos: no período que compreende a sexta-feira de carnaval até o amanhecer da quarta-feira de cinzas, verdadeiras falanges das esferas inferiores invadem a crosta terrestre – atraídas pelo padrão reinante - acompanhando bem de perto tais foliões, incitando-os aos extremos, dando início a sérias obsessões que por vezes se arrastam sobremaneira, trazendo inúmeros prejuízos a tais pessoas. 

No livro “Nas fronteiras da loucura” do espírito Manoel Philomeno de Miranda, psicografia de Divaldo Pereira Franco, o venerando espírito, em suas ponderações, conclui que isso acontece tanto com aqueles que se afinizam com os seres perturbadores adotando comportamento vicioso, quanto com criaturas cujas atitudes as identificam como pessoas respeitáveis, embora sujeitas às tentações que os prazeres mundanos representam, por também acreditarem que seja lícito enlouquecer uma vez por ano. O processo obsessivo ocorre ainda durante o sono, quando em estado de desdobramento (momento em que o corpo descansa e o espírito sai em suas excursões) o folião visita as zonas de baixo teor vibracional, já em contato direto com tais entidades. 

Conhecedores de tais realidades os responsáveis pela revista Visão Espírita fizeram pequeno trocadilho com a famosa frase composta por Caetano Veloso, no seu frevo carnavalesco que diz que “atrás do trio elétrico só não vai quem já morreu”. Os divulgadores do espiritismo refizeram o ditado. Escreveram que, na verdade, “atrás do trio elétrico também vai quem já “morreu!”...”. Realmente! Só faltou acrescentar: “(...) e eles são em grande número”.

Claudia Gelernter

 

06
Fev14

10 estratégias de otimismo para 2014

smiguelterapias

Algumas atitudes positivas para 2014 podem ajudá-la a superar momentos de stresse físico e emocional mais facilmente e a melhorar a sua qualidade de vida e sentido de realização. Afinal, ser feliz é uma escolha que também depende de nós.

- Pratique a gratidão. Agradecer aos outros, a um poder superior, até a nós próprios, ajuda-nos a focar no que de bom nos acontece e a retirar o melhor da vida, em vez de remoermos nos aspetos menos bons da vida. Escreva um postal, um email, deixe bilhete na secretária de alguém que lhe fez bem nos últimos tempos. Faça uma lista de tudo aquilo pelo qual se sente grata e que lhe aconteceu em 2013.

- Passe mais tempo lá fora: Em contacto com a natureza, não com o monóxido de carbono. Mas 15 ou 20 minutos de sol numa esplanada já são suficientes para pôr o seu corpo a produzir vitamina D, que os cientistas acreditam influenciar os níveis de serotonina, o neurotransmissor responsável pelas sensações de bem-estar e com um papel importante na regulação do humor.

- Passe mais tempo com as crianças. Se não tiver filhos, reclame mais tempo com os sobrinhos, os afilhados, os irmãos mais novos, os filhos dos seus melhores amigos. As crianças têm a capacidade de nos lembrar que já fomos como elas e de reabilitar sorrisos que julgavamos coxos ou perdidos. Além disso, têm quase sempre visões muito mais inteligentes, simples e criativas sobre a vida.

- Livre-se das pessoas tóxicas. Esta é uma daquelas clássicas decisões de ano novo que raramente levamos em frente, até porque muitas vezes não temos como. Podemos não conseguir afastar um chefe tóxico ou um familiar que nos drena as energias, mas podemos escolher se nos vamos deixar afetar por eles e, em último caso, reduzir o tempo que passamos com pessoas que só nos drenam as energias e nos puxam para baixo. Rodeie-se, sim, de quem a inspira e incentiva a ir mais longe, a cuidar de si, de gente cuja companhia lhe dá prazer.

- Tire tempo para meditar: a meditação pode fazer maravilhas por si, a combater o stress, a baixar a tensão arterial, a encontrar o foco, mais paz e concentração.

- Cante e dance, que a vida são dois dias. O ditado "quem canta seus males espanta" tem mais de verdade científica do que poderiamos supor. Vários estudos provam como cantar e dançar ao som das nossas músicas preferidas podem ser formas bem eficazes, instantâneas e grátis de melhorar o humor.

Um estudo sueco seguiu 112 raparigas com problemas de ansiedade, stresse, depressão e dores nas costas e pescoço. Metade frequentou aulas de dança semanais e, como seria de esperar, melhorou bastante a sua saúde mental, registou mudanças positivas no humor e viu esses efeitos prolongarem-se durante oito meses após o fim das lições.

- Perdoe. É mais fácil dizê-lo do que seguir o conselho, até porque há coisas para as quais talvez não exista perdão. Mas fazer as pazes com o passado para não afetar o presente é uma das estratégias mais importantes dos otimistas. Reviver constantemente desgostos e rancores passados é o equivalente a subir uma montanha com uma mochila de pedras às costas. É preciso deixar o lastro pelo caminho para seguirmos viagem mais leves e mais depressa.

- Leia mais: Exercita a imaginação, a memória, a cognição, relaxa corpo e mente, abre-nos um admirável mundo novo a cada página, inspira-nos, faz-nos viajar sem sair do sítio, mas ainda pode ajudar a prevenir o declínio cognitivo de doenças como o Alzheimer e até ajudar-nos a dormir melhor. Os livros podem tornar-se excelentes companheiros em 2014.

- Desligue-se de vez em quando. A vida é lá fora! Escolha um dia por semana, por mês, e desligue-se da tomada. Dê folga às redes sociais, à Internet, ao telefone, nem que seja por algumas horas. Algumas pesquisas sociológicas recentes revelaram que passar demasiado tempo ligado às redes sociais pode fazer-nos sentir mais solitários e deprimidos.

- Ria mais: Deixe o disparate tomar conta, de vez em quando. Ria-se de si própria, não se leve demasiado a sério. Dê umas boas gargalhadas por dia, até porque estará a fortalecer o sistema imunitário (o stresse deita-o a baixo e o riso é o melhor antídoto para o stresse), a aumentar a circulação sanguínea e a melhorar a função vascular. Além disso, o seu cérebro está a produzir mais endorfinas, neuroquímicos com propriedades de alívio da dor e que trazem sensações de bem-estar físico.

 

Artigo original em : http://activa.sapo.pt/belezaesaude/psique/2014-01-01-10-estrategias-de-otimismo-para-2014

 

08
Jan14

OVNI perturba tráfego aéreo no aeroporto de Bremen

smiguelterapias

OVNI perturba tráfego aéreo no aeroporto de Bremen, na Alemanha

 

Um objeto voador não identificado (OVNI), captado pelos radares locais, obrigou hoje ao cancelamento e adiamento de vários voos no aeroporto de Bremen, no norte da Alemanha, disseram fontes oficiais.

"Não sabemos o que era, mas alguma coisa era", disse um porta-voz da polícia local aos meios de comunicação social.

De acordo com os controladores aéreos responsáveis pelo serviço do aeroporto de Bremen, o objeto desapareceu ao fim de três horas de presença nos radares, sem que pudesse ser identificado.

 

Agência Lusa

07 DE JANEIRO DE 2014, 11:21

 

07
Jan14

Meditar meia hora por dia pode aliviar ansiedade e depressão

smiguelterapias

Cientistas constatam que meditação "de plena consciência" tem resultados promissores

 

Meditar por meia hora diariamente ajuda a aliviar os sintomas da ansiedade e da depressão, revela uma análise feita com base em resultados de cerca de 50 testes clínicos.

 

"Um grande número de pessoas recorre à meditação mas este exercício não é considerado parte de uma terapia médica", clarifica Madhav Goyal, professor adjunto de medicina interna na universidade Johns Hopkins e principal autor deste estudo publicado na segunda-feira na reconhecida publicação científica Journal of the American Medical Association (JAMA).

"Mas na nossa investigação, a meditação parece aliviar os sintomas da ansiedade e da depressão, tanto quanto os antidepressivos em outros estudos", afirmou Goyal, ao esclarecer que estes pacientes não sofrem de formas severas de ansiedade ou depressão.

 

Os cientistas avaliaram o nível de mudança dos sintomas entre as pessoas que sofrem de uma variedade de problemas de saúde, como insónia ou fibromialgia, um transtorno que causa dores musculares crónicas.

Apenas uma minoria destes pacientes sofria de uma doença mental, afirmam os autores.

Os cientistas constataram que a meditação conhecida como "de plena consciência", uma técnica budista que consiste em concentrar a atenção no momento presente, mostrou-se particularmente promissora.

Geralmente, os investigadores observaram sinais de melhoria nos sintomas da ansiedade, da depressão e da dor, depois de um programa de meditação de meia hora por dia.

No entanto, os cientistas observaram poucos indícios de melhoria do nível de stress ou da qualidade de vida.

Nos testes clínicos analisados, nos quais os pacientes foram acompanhados durante seis meses, os cientistas observaram que os benefícios da medicação persistiram.

Esta análise incluiu 47 testes clínicos com um total de 3.515 participantes que praticavam diferentes técnicas de meditação e que sofriam de diversos problemas mentais e físicos, entre eles depressão, ansiedade, stress, insónia, diabetes e cancro.

 

SAPO Saúde com AFP

7 de janeiro de 2014 - 09h30

18
Set13

O Fim do Karma e a Nova Era

smiguelterapias

Estamos num momento de grande influência cósmica, abertura oferecida pelas conjunções planetárias e estelares. A energia destas influências trouxe mudanças para o planeta, criando condições propícias para uma revisão dos nossos conteúdos mentais, de quem somos e para onde estamos indo.

 

A maioria de nós encontra-se na 3ª dimensão que é a realidade física do ser consciente. Mas somos energia; nossos corpos físicos e espirituais são apenas isso, energia da Fonte. Um só tijolo de construção que contém tudo o que pode existir, que em tudo pode tornar-se. […]

 

Ver texto completo em http://db.tt/jUwWMrtq

 

Pesquisa e montagem de powerpoint de Eugénia M.

 

21
Jul13

Bolha de proteção - Arcanjo Miguel

smiguelterapias

 

 

 

Amado Arcanjo Miguel, eu invoco a sua energia, a sua luz, a sua orientação e a sua proteção agora.

Por favor, envolva-me no amor e coloque ao redor do meu campo áurico e em meu ser a bolha tripla de luz de proteção.

Envolva-me em uma pura bolha branca de proteção, uma vibrante bolha elétrica de luz azul e uma sagrada bolha de luz dourada, para garantir a minha proteção em todos os níveis do meu ser, em todos os momentos.

Assegure que eu experiencie somente o amor do Criador em minha realidade e energia.

Estou seguro e protegido sempre.

Namastê

 

17
Jul13

Nós e o planeta Terra

smiguelterapias


Pólo Norte vai descongelar totalmente

 

O gelo do Pólo Norte vai derreter totalmente durante o verão de 2016, segundo Peter Wadhams, um especialista em gelo marinho. Wadhams qualifica este fenómeno de "desastre global", mas recorda que já tinha avisado para o perigo.

Peter Wadhams é um dos principais especialistas do mundo em gelo marinho e afirmou, em entrevista ao jornal "The Guardian", que, durante o verão de 2016, todo o gelo que existir no Ártico vai derreter.

O investigador defende que, para tentar inventer este "desastre global", é necessário fazer muito mais do que tem sido feito. Já não basta planear medidas para travar as alterações climáticas, é preciso "analisar urgentemente outras vias de travar o aquecimento global, como as soluções da geoengenharia propostas até agora".

Wadhams é responsável por um projeto que analisa a espessura do gelo no ártico com recurso a submarinos que conseguem navegar por baixo das placas de gelo. O perito recorda que, durante anos, avisou que este fenómeno poderia acontecer.

"Previ [o colapso do gelo marinho durante os meses de verão] durante anos. A causa é o aquecimento global: devido ao clima, houve menos formação de gelo durante o inverno e mais degelo no verão", explica.

Assim, no verão de 2016, Wadhams prevê que o processo de degelo do Pólo Norte culminará e os glaciares atualmente existentes não vão ser mais do que água. O investigador previne que será um acontecimento "terrível" para todo o planeta.

"A água aquece e derrete o 'permafrost', que liberta enormes quantidades de metano, um poderoso gás de efeito de estufa", afirma Peter Wadhams .

 

Notícia em

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=2779779&page=-1

 

26
Jun13

A energia taquiónica

smiguelterapias

É a energia de maior frequência em vibração do Universo. Esta energia neutra compõe-se de dois pares de partículas que por terem carga elétrica contrária se anulam e se equilibram. Por ser neutra não oferece resistência e move-se 27 vezes mais rápido que a luz. Por não ter polaridade, pode ser utilizada para o positivo ou negativo, por isso ela não pode ser visualizada (não tem cor), é a vibração da harmonia cósmica.

 

É a energia do pensamento, que vibra na alta frequência do amor; a mesma energia que Jesus Cristo utilizou para fazer com extraordinário sucesso aquilo que até hoje chamamos de milagre.

 

Todas as coisas e seres do Universo vibram em diferentes frequências dependendo do seu nível de evolução. Jesus Cristo demonstrou para todos que, vibrando na elevada frequência do amor, a mente pode dirigir energia taquiónica para elevar a energia vital de pessoas realizando a autocura.

 

Com essa mesma energia dirigida, Jesus Cristo conseguiu alterar por várias vezes a frequência da vibração da água, transformando-a em vinho e assim conseguia fazer o mesmo com outros elementos, seres e objetos da natureza.

 

A manipulação da energia taquiónica permite a elevação da consciência às dimensões superiores da realidade, facilitando assim o contacto com seres e a visualização de outras dimensões, potencializa a energia vital, a aura ou o campo eletromagnético pessoal.

 

Para os mundos de terceira dimensão, como a Terra, a dificuldade de se alcançar este grau elevado de vibração está muito aquém de nossa compreensão atual. Devido aos bloqueios psicológicos, traumas, complexos, questões financeiras e emocionais, é difícil entrar em tal sintonia.

 

As pirâmides são geradores que captam os taquiões, que têm a Frequência de Ressonância Shumann, a energia cósmica. Na época a pirâmide de Queóps foi construída com esse gerador quântico, porque as pessoas, para terem uma iniciação, perceberam que sozinhas, de acordo com a 3ª dimensão, a densidade dificultava a interação com essa energia.

 

Os "egípcios" (os seres de outro mundo) vieram com esse conhecimento, fizeram uma avaliação de todos os pontos energéticos, dos vórtices de energia da terra, e construiram as pirâmides a 30 graus leste e a 19 graus de latitude Sul, porque essas coordenadas geram um campo vibratório gigantesco, é a maior hiperatividade do planeta.

 

A energia taquiónica é uma energia eterna, já fazemos uso dela através do nosso pensamento, porém a frequência do nosso pensamento está muito aquém da frequência de ressonância Schumann, da frequência de ressonância do universo, da pulsação da terra; essa frequência, hoje, pulsa em 13, a vibração da terra é 13 e nós estamos a 15 (nossa frequência consciêncial). Temos que acelerar de uma maneira equilibrada para termos o controle dessa energia.

 

Jesus Cristo passou dos 12 aos 19 anos na pirâmide de Queóps, com os fenícios, fazendo a sua iniciação. Ele foi um dos que fizeram uso dessa energia taquiónica, aproveitou a vibração desse gerador quântico construído por mãos humanas e conhecimento extraterrestre (principalmente para construção de outras pirâmides). O gerador taquiónico quântico gera energia de 4ª dimensão, hoje a engenharia mecânica já utiliza energia taquiónica e a física quântica já fala sobre isso.

 

Usamos essa energia de maneira inconsciente, temos que aprender a utilizá-Ia de uma maneira consciente e atuante. Na época os iniciados tiveram as pirâmides com atividade total e quem conseguiu naquela época fazer parte deste grupo, conseguiu levitar, flutuar, transmutar, eram "deuses" (Moisés iniciou-se nesta pirâmide).

 

Cada emoção tem uma frequência de vibração. Todos os chakras produzem Energia Vibracional. Dessas energias, a sexual é a de maior frequência. A kundalini não é somente energia sexual, é sim a fusão de todas as energias vibracionais transmutadas, ou seja, à Terceira Dimensão. A kundalini pode ser elevada ao frontal, sendo assim possível direcioná-Ia.

 

Com o desenvolvimento da kundalini para o frontal, há uma interação com o campo eletromagnético da Terra, que é sincronizado periodicamente com a vibração cósmica, transformando-se em energia taquiónica: a energia do pensamento, que é a soma de todas as outras, método pelo qual Jesus Cristo realizou os seus milagres.

 

A Energia Taquiónica é ligada ao pensamento, à consciência, à vibração de amor - à Quinta Dimensão, é a soma de todas as energias mais a sincronicidade cósmica.

 

A energia cósmica é um pedacinho de Deus, é a consciência viva, ativa na natureza.

 

Sugestão e pesquisa de Manuel S.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D